sábado, 17 de novembro de 2007

Sigh no more, ladies, sigh nor more;
Men were deceivers ever;
One foot in sea and one on shore,
To one thing constant never;
Then sigh not so,
But let them go,
And be you blithe and bonny;
Converting all your sounds of woe
Into. Hey nonny, nonny.

Sing no more ditties, sing no more,
Or dumps so dull and heavy;
The fraud of men was ever so,
Since summer first was leavy.
Then sigh not so,
But let them go,
And be you blithe and bonny,
Converting all your sounds of woe
Into. Hey, nonny, nonny."
-Shakespeare


Tradução:
Suspirem não mais, minhas senhoras, suspirem, nem mais;
Homens foram enganadores nunca;
Um pé no mar e outro em terra,
A única coisa nunca constante;
Então não suspirem assim,
Mas deixem-nos ir,
E sejam vocês alegres e formosas;
Convertendo todos os vossos sons de aflição
em Hey nonny, nonny.

Cantai não mais canções breves, cantai não mais;
Ou deitem fora tão aborrecidas e pesadas;
A fraude dos homens foi sempre assim,
Desde Verão primeiro foi fugaz.
Então suspirem não mais,
Mas deixem-nos ir,
E sejam vocês alegres e formosas
Convertendo todos os vossos sons de aflição
em Hey nonny, nonny.


(desculpem eventuais erros, mas o inglês arcaico é difícil ...)

3 comentários:

Quelqu'un disse...

Adorei o Much ado about nothing.
és cheia de surpresas tu!

Cacao disse...

Ahah:P

presumo qe sejas "quelqu'unne" (bem sei q iso nao existe) . Mas depois daqela coisa do Jude Lae, fiqei com essa impressão. Quase de certeza:P

Anónimo disse...

"Suspirem não mais, minhas senhoras, suspirem, nem mais;
Homens foram enganadores SEMPRE;
Um pé no mar e outro em terra,
A UMA coisa CONSTANTES NUNCA;
Então não suspirem assim,
Mas deixem-nos ir,
E sejam vocês alegres e formosas;
Convertendo todos os vossos sons de aflição
em Hey nonny, nonny."


Ali o primeiro verso tá trocadito hehe.
Traduziste para precisamente o contrário ;)