sexta-feira, 11 de janeiro de 2008

Sobreviver
(não se iludam pelo título, o que digo a seguir não tem muito a ver ;) ) (AH, e nem pela introdução! )

Hoje na aula de Psicologia estivemos a ver o filme "O Menino Selvagem" q é baseado na história verídica dum miúdo encontrado com 12 anos que vivia na selva. O filme é mesmo giro, mas não é por isso q estou a escrever.

O que me trouxe aqui, ou melhor, os meus dedos a libertarem-se foi a conversa "pós-aula". Estivemos a dizer o q é q fazíamos se de repente nos perdessemos sozinhos numa ilha deserta. Ora bem. Num instante, sem pensar e instintivamente disse a ordem das minhas prioridades:
1º - procurar comida (nunca vou conseguir fazer dieta....);
2º - fazer com poucos tronquinhos uma peqeníssima cabana, mesmo só pra proteger;
3º - pôr na praia (sim, pq eu iria, de certeza, desembarcar numa daquelas ilhas "desetas", tropicais, com mar azulíssimo e transparentíssimo e com uma floresta totalmente densa e equatorial atrás) com troncos um sinhal GIGANTE a dizer "SOS" (e a seguir provavalemente pensava que já devia ter feito isto);
4º - fazer setas e artíficios qe dêm para pescar e protejer-me de eventuais (pequenos) animais (sim, porque os leões e tigres não bem-vindos) (isso é só nos filmes) (pq isto não é nada um filme! há florestas destas em todo o lado!)
5º - procurar água doce
6º - fazer uma casa ENORME :D

Bem , esta não é bem bem bem a ordem, mas anda lá perto. Claro q pelo meio ainda fazia uma tabuinha pra contar os dias, etc etc.
Depois, quando estivesse pela floresta a dentro a "apalpar terreno" (literalmente, pq a floresta ia ser tão densa, tão densa q só ia conseguir passar pelo meio de gatas!) ia, de repente, deparar-me com uma Maison 5 estrelas de um ricaço qq que comprou a ilha. Isto pq está na moda ter uma ilha. É bem, admita-se! ahah. (esta foi da Ana Margarida, genial).
(E claro que eu acrescentei à conversa: ) "Depois descobria que a ilha era do Michael Bublé!" , óbvio, era tão natural q isso acontecesse! Estamos destinados :P... O que é q fazia a seguir? Ia a correr à praia (se o Mike (para os amigos , eheh) não me desse boleia , que era o mais provável - quiçá de helicóptero??) e tirava as letras a dizer SOS.
Naturalmente.

Tal como o resto desta história toda. Afinal de contar, tudo isto parece completamente óbvio e as probabilidades de ficar, de repente, sózinha numa ilha deserta são imensas.
Não é?
Então de esta ilha ser do MB..upa upa!
Maravilhoso.
Já faço contagem decrescente*...!
*)para te ver...

3 comentários:

Susana Pereira disse...

tu e o teu Mike (:P)!
Realmente, passas da conversa do Menino Selvagem para a possibilidade (enormesca!) de quase caires de pára-quedas na ilha do teu noivo! :P

Só tu CACAO :P

Beijinhos,
Susana

PS.: realmente tens mesmo de começar a pensar bem nisso e naquilo que vais dizer por tares a invadir propriedade privada :P porque a probabilidade de isso acontecer é mesmo muita! por isso, vai pensando bem :P

miguel ogando disse...

ilusao???? naaaaaaaaa
NICE

Sofia disse...

epá!

Essa ilha já me parece concorrida demais para ser "deserta" :D!

Bjs,

Sofia